sábado, 27 de março de 2010

BIFE SAUDAVEL



Bife de Avestruz
Ingredientes (para 4 pessoas)

4 Bifes á 200 gr. de Avestruz "Barão" (tipo supersteak)

Ingredientes para marinada:

3 colheres de sopa de oleo ou azeite
1 colher de sopa de cebola picada
2 dentes de alho
½ colher de sopa com ervas para carne ou grelhar
½ colher de sopa de sal

Preparação:

Junte todos os ingredientes para a marinada, misture bem e cubra os bifes com esse preparado durante 24 a 48 horas.

Os bifes marinados poderão ser grelhados ou fritos, a gosto; não muito bem passado ("medium")

Sugestão:

Servir com batatas fritas e uma salda mista

sexta-feira, 19 de março de 2010

BOLO HEBRAICO



Bolo Hebraico

Categoria: Café da manhã/lanches/festas
Subcategorias: Bolos simples (sem glacê)
Rendimento: 10 porções


Ingredientes:
200 gr de margarina culinária
1/2 copo(s) de açúcar
3 unidade(s) de ovo grande(s)
230 gr de geléia de ameixa
2 1/2 copo(s) de farinha de trigo peneirada(s)
1 colher(es) (chá) de fermento químico em pó
1 colher(es) (chá) de bicarbonato de sódio
1 colher(es) (chá) de canela-da-china em pó
1/2 colher(es) (café) de cravo-da-índia moído(s)
1/2 colher(es) (chá) de noz-moscada moída(s)
1/2 colher(es) (chá) de sal
65 gr de iogurte natural

Modo de Preparo:
Pré-aqueça o forno. Unte e enfarinhe uma forma tubular redonda e grande. Bata a manteiga e o açúcar até formar um creme. Acrescente a geléia de ameixas, misturando bem.

Junte os ovos inteiros, um a um, batendo bem após cada adição. Misture os ingredientes secos restantes e acrescente-os ao creme, alternando com o iogurte e mexendo delicadamente, sem bater.

Despeje a massa na fôrma preparada e asse em forno baixo por cerca de 70 minutos. Ao retirar do forno, espere 5 minutos e desenforme.

PEIXE JUDÁICO



Gefilte Fish
Categoria: Pratos Principais
Subcategorias: Peixes e Frutos do Mar
Rendimento: 24 porções


Ingredientes:
1 1/2 kg de carpa em filés
6 unidade(s) de cebola
quanto baste de sal
quanto baste de açúcar
1 xícara(s) (chá) de farinha de matzá
3/4 xícara(s) (chá) de água
quanto baste de pimenta-do-reino branca
3 colher(es) (sopa) de azeite
1 1/2 kg de traira em filés
3 unidade(s) de ovo

Caldo:
4 talo(s) de salsão em pedaços médios
3 unidade(s) de cebola
quanto baste de água
quanto baste de sal
quanto baste de pimenta dedo-de-moça
quanto baste de açúcar

Modo de Preparo:
Num processador de alimentos coloque as cebolas cortadas, os ovos, o sal, a pimenta, a água e o azeite e transforme numa pasta.
Acrescente os pedaços de peixe previamente cortados e triture bem.
Passe a mistura para uma tigela grande e acrescente o açúcar até o ponto desejado. Por último adicione a farinha de Matzá e misture bem com as mãos.

Deixe descansar na geladeira por 30 minutos. Umedeça as mãos com água e molde bolinhas do tamanho de um ovo grande.
Mergulhe as bolinhas no caldo fervido e deixar cozinhar por 45 minutos ou até estarem cozidas.


Retire do caldo as bolinhas e as cenouras e deixe o caldo reduzir até aproximadamente a metade.
Coe o caldo e deixe na geladeira.
Coloque as bolinhas em um prato e coloque sobre cada um uma rodela de cenoura.
Sirva gelado.
Acompanha este prato Chrein (Beterraba Com Raiz Forte) e o caldo de Peixe que deverá ter se transformado em Geléia.

***OBS:
Caldo:
Numa panela grande coloque os ingredientes juntamente com as cabeças e espinhas e deixe ferver.

sábado, 13 de março de 2010

DICA DE UMA CARNE EXÓTICA



Avestruz

A carne de avestruz apresenta maciez que sempre surpreende ao ser saboreada pela primeira vez. O segredo desta característica é a baixíssima quantidade de colágeno, uma proteína do tecido conjuntivo dos animais e que caracteriza a resistência das carnes à mastigação.

A carne é muito saborosa, sendo seu sabor muito próximo ao da carne bovina, e levemente adocicada. Sua coloração é vermelha e intensa devido ao alto nível de ferro(Fe) em sua composição, comparativamente, o nível médio deste mineral situa-se entre 260 a 290 mg/ 100 g de carne de avestruz, enquanto os níveis encontrados em cortes bovinos e na carne de frango são de, respectivamente, 130 a 220 mg/100 g e 10 a 30 mg/100 g.

É uma ótima alternativa para quem se preocupa com a saúde sem deixar de lado a suculência e sabor da carne vermelha. Sua qualidade é atestada e recomendada pela American Heart Association. No Brasil, ela deve seguir o mesmo caminho, pois o produto adequa-se a todas as exigências nutricionais da Sociedade Brasileira de Cardiologia.

PROTEÍNA: A carne de avestruz é excelente fonte de proteína animal, seus valores médios são de 21% praticamente os mesmos valores de proteína de cortes bovinos, porém, na carne do avestruz, destacam-se os teores de creatina, aminoácido regulador do metabolismo energético do coração, e a quantidade de carnitina, aminoácido responsável pelo metabolismo intracelular da gordura, transformando-a em energia. % PROTEÍNAS/PORÇÃO DE 100g Avestruz 22; Frango 27; Peru 25; Boi 21; Porco 24.
A carne de avestruz é extremamente magra, o conteúdo de gordura em média representa 1,5% que em maior parte é formada pelas gorduras insaturadas, tendo os ômegas 3 e 6 como seus mais famosos representantes. % GORDURA/PORÇÃO 100 g Avestruz 1,2 Frango 3 Peru 3 Boi 15 Porco 19 A composição média de lipídios totais da carne de avestruz, segundo dados do Departamento de Nutrição de Faculdade de Saúde Pública da Universidade de São Paulo: Ácidos graxos saturados 37,52% Ácidos graxos insaturados 34,57% Ácidos graxos poliinsaturados 27,91%.
Vale lembrar que a porcentagem dos ácidos graxos Ômegas 3,6 e 9 referem-se as sua participações na quantidade total de poliinsaturados. Esta participação é apresentada a seguir: % MÉDIA DE: Ômega 3 5,68; Omega 6 22,75; Ômega 9 10,77. Ômega 3 e 6 são denominados ácidos graxos essenciais que desempenham papel fundamental no metabolismo. São chamados essenciais por não serem produzidos pelo nosso corpo, devendo ser consumidos através dos alimentos, portanto, é fundamental tê-los em nosso cardápio.
A carne do avestruz, assim como a carne de peixe, possui quantidades generosas destes ácidos graxos. Agem na redução dos conteúdos de trigliceres circulantes na corrente sanguínea e aumentam a flexibilidade das artérias, contribuem para o correto metabolismo do colesterol, sendo o seu excedente destinado à fabricação de hormônios como a prostaglandina.

COLESTEROL A quantidade de colesterol encontrada na carne de avestruz é uma das menores, se comparada com os outros tipos de carne, que seja vermelha ou branca. Inúmeros trabalhos internacionais atestam o seu valor nutritivo. Citaremos os níveis de colesterol entre cinco espécies animais consumidas no Brasil, destacando-se o corte do avestruz, com média de 36 mg/ 100g, longe dos dados encontrados na carne bovina e suína, as mais consumidas pelos brasileiros com 118 e 86 mg de colesterol por 100 g de carne respectivamente. COMPARATIVO DE COLESTEROL ENTRE ESPÉCIES COMERCIAIS (100G) Avestruz 36; Frango 89; Peru 86; Boi 118; Porco 86.
Como ocorre em todos os animais de produção pecuária, o avestruz possui vários cortes de carnes com diferentes graus de maciez. Esta maciez está relacionada à intensa utilização ou não do músculo ao qual se origina o corte e também à idade do animal, quanto mais velho maior a resistência à mastigação. Por se tratar de um animal com reduzida quantidade de gordura, principalmente de gordura intramuscular, cuidados no seu preparo devem ser tomados. O excesso de cozimento pode causar enrijecimento das fibras musculares, tornando a carne menos atrativa. Não que deva ser consumida mal passada, mas seu limite de cozimento deve ser ao ponto.
Dessa forma, além de seu sabor realçado, temos um produto com maciez potencializada. GRAU DE MACIEZ DE DIFERENTES CORTES DE CARNE DO AVESTRUZ: Cortes da Coxa Maciez Média; Cortes da Sobre Coxa Macio; Cortes do Lombo (Filés) Extra Macio.

FILET MIGNON AO MOLHO MOSTARDA



Filet ao Molho Mostarda

Ingredientes:

500g de filé Mignon ou contrafilé, cortado em bifes
2 colheres (sopa) de manteiga ou óleo
Tempero para carne
1/2 xícara (chá) de conhaque
1 tablete de Caldo de Carne
2 colheres (sopa) de mostarda
1/2 lata de Creme de Leite
1 colher (sopa) de salsa picada

Modo de Preparo:

Frite os filés, um a um, na manteiga. Depois de fritos,
tempere-os com sal e pimenta. Leve-os ao fogo alto, regue-os com
o conhaque, incline a frigideira e deixe até que o conhaque
incendeie. Passe os filés para uma travessa aquecida. Junte à
gordura que ficou na frigideira, o Caldo de carne dissolvido em
meia xícara (chá) de água fervente e leve ao fogo alto para
ferver. Junte a mostarda, mexa bem e desligue o fogo. Acrescente
o Creme de Leite e a salsa picada, misturando bem. Despeje este
molho sobre os filés e sirva imediatamente.

BACALHAU PARA A PASCOA



Bacalhau ao Alentejo

Olá pessoal, este prato tipico português é maravilhoso para a pascoa....

Ingredientes:

4 postas altas de bacalhau demolhadas e limpas
3 (sopa) de margarina
½ (chá) de azeite
100 gramas de azeitonas pretas sem caroço
4 tomates maduros sem sementes
1 pimentão verde sem sementes à juliana
1 pimentão vermelho sem sementes à juliana
1 pimentão amarelo sem sementes à juliana
sal e pimenta-do-reino a gosto
12 batatas sem casca

Modo de preparar:

Separar o peixe em lascas. A parte, cozinhar a batata em água e sal. Deixar esfriar e reservar. Untar uma forma com duas colheres (sopa) de azeite e arrumar camadas alternadas de bacalhau, batata em rodelas, o tomate em cubos e os 3 tipos de pimentão. Por cima colocar a margarina e regar com o azeite restante. Temperar com sal e pimenta. Levar ao forno em temperatura média por 20 minutos. Decorar com a azeitona e servir.

domingo, 7 de março de 2010

LIVRO DE RECEITAS NESTLÈ



Veja que legal e totalmente gratuito.....faça agora o Download Nestlé - LIVRO DE RECEITAS

MOLE POBLANO



Mole Poblano

Eu preparei a minha versão do Mole Poblano, sem nenhuma intenção de mudar, mas não se encontram todos os ingredientes por isso tive que mudar um pouco a receita, porque, pelo menos, as pimentas típicas não são fáceis por aqui.
Este é um tipo de molho que faz parte da culinária regional de Puebla, como os livros de receitas que consultei, esse estado é uma das mais prósperas do México e que tem uma culinária muito forte, embora na culinária mexicana é tudo maravilhoso.


Ingredientes:

4 de tipos diferentes de pimenta(que todos possam encontrar)
20 g de amendoim.
20 g de banana da terra.
40 g de manteiga.
1 / 2 cebola.
1 dente de alho.
1 tomatillo. (Também vale um tomate cereja)
12 g de amêndoas.
12 g de avelãs.
12 g de passas.
1 / 2 roll (pão velho ou amanhecido)
1 panqueca (eles são feitos com os burritos)
1 barra de chocolate escuro ou meio amargo.
1 leve toque de cravo.
1 colher de chá de gergelim.
1 colher de chá de pimenta do reino.
1 colher de chá de canela.
1 colher de chá orégano.
1 coxa e sobrecoxa de frango.
Sal a gosto

Preparação:

Primeiro retire as sementes dos diferentes tipos de pimentas, você também pode usar pimenta de cheiro, malagueta e outras, picar as nozes diversas, uvas passas, banana.

Em uma panela de barro sobre o fogo derreta metade da manteiga, pique os salgados e frite tudo o que tínhamos antes.


Também vamos preparar uma assadeira que vai se dividir em duas as cebolas, alho e tomatillos para assar.

Depois que tudo estiver picado frito e assado, faremos o molho, derreteremos o chocolate ralado com o restante da mantega até ficar homogenio, coloque em um liquidificador o que assamos anteriormente, o chocolate derretido e batiremos derramando um caldo de galinha e misture bem até ficar na consistencia desejada.

Caso haja muitos pedaços,passe por uma peneira. O resultado é como chocolate quente, mas com um sabor surpreendente a nosso gosto.

Para terminarmos monte na mesma panela de barro, todos os produtos picados, os pedaços de frango fritos e derrame o molho sobre a carne.

Esperimente bem quente...

Obrigado e bom apetite

terça-feira, 2 de março de 2010

SAIBA SOBRE: CULINÁRIA MEXICANA



CULINÁRIA MEXICANA

Conhecida por muitos condimentos e apimentada a culinária mexicana, também é famosa pela riquesa de sabores e texturas.

Uma gastronomia simples e barata faz da comida mexicana uma das mais poulares da américa do norte, muito bem aceita pelos brasileiros.

O México associou-se a pimenta, sendo a principal característica de sua comida.

Até bala e pirulitos pode ser de pimenta.

Este costumo pelo condimento se deu pelo cultivo das civilizações Maia e Asteca e união com as de outros tipos de pimentas, quando lá chegaram os espanhóis.

As pimentas mexicanas são intituladas as mais potentes do mundo, por causa de temperatura e solos ideais.

As tortillas em português tortilhas, de milho e trigo são pratos típicos.

Também com influência de Maias e Astecas o milho é a principal base da comida do país, com diferentes tipos de recheios as tortillas podem ser de: carne, legumes, verduras, frango, frutas, queijos.

Se consome a tortillas em todas as refeições, café-da-manhã, almoço, jantar, lanches e sobremesas.

O principal prato do México é o Taco, ele é uma tortilla recheada com carnes, pimentas, milho, tomate, cebola e guacamole(abacate), podendo ser crocantes( fritos ou assados), enrrolados com diversos recheios.

O Chilli com carne é muito consumido como acompanhante das tortillas de trigo, salsa picante, salada e guacamole e recheio para tacos, enchilladas e burritos.

Frequentemente consumido também é o Mole Poblano, uma espécie de frango ao molho de chocoloate.

O Cacau é uma fruta muito consumida também no país.

As tamales são pamonhas salgadas, ceviche peixe curtido na salamoura e temperos a base de limão, as quesadillas e nachos também são acompanhados por tortillas.

As tortillas são a base de alimentação mexicana

SALADINHA DE QUIABO



Salada de Quiabo
por Rose

Ingredientes:

- quiabo
- suco limão
- água para cozinhar
- tomates picados em 1/2 fatias
- cebola picada
- sal, azeite e limão para temperar

Modo de Fazer:

Lave e seque bem o quiabo, retire as duas pontas e corte ao meio.Em uma panela coloque água para ferver, assim que borbulhar junte o suco de limão e os quiabos, deixe cozinhar por 8 minutos aproximadamente. Escorra e deixe esfriar. Se preferir corte em pedaços menores.
Depois de frio, misture todos os ingredientes e tempere a gosto. Pode acrescentar gergelim e cheiro verde se gostar.